Como estruturar seus Posts?

Você decidiu montar um blog e não sabe por onde começar? Muita calma nessa hora – nós temos a solução! Da mesma forma que você irá precisar de um mapa ao visitar um local que não conhece, quando você decidir se aventurar por uma nova atividade que ainda não domina, o ideal é contar com modelos – nesse post nós iremos oferecer um modelo básico de estruturação para que você saiba o que deve trabalhar em cada um dos seus textos.

Vamos ao passo a passo!

No gráfico a seguir, você irá encontrar as principais áreas e elementos que você deve levar em consideração na hora de escrever o seu post/artigo. Essa estrutura é apenas uma sugestão, e você pode adaptá-la a sua realidade da maneira como preferir – procure apenas adotar algum tipo de consistência: isso facilitará tanto a vida dos seus leitores, quanto a sua na hora de produzir o conteúdo.

grafico_01

01 – Título.

Deve ser capaz de chamar atenção, e logo de cara oferecer de maneira clara o que a pessoa encontrará no seu post/artigo. Para facilitar que ele seja encontrado nos sites de busca, tente incluir palavras-chave que identifiquem o assunto – tente mantê-lo com menos de 70 caracteres (a maior parte dos editores de texto poderá ajudá-lo nessa contagem).

02 – Primeiro Parágrafo.

Esse parágrafo serve de lead – um termo jornalístico que indica a primeira parte de uma notícia que fornece a informação básica sobre o tema que será tratado. É aqui que o seu leitor decide, muitas vezes, se irá investir tempo na leitura ou simplesmente abandonar o post – então procure deixá-lo o mais interessado possível, sendo bem objetivo sobre o que ele poderá encontrar na leitura.

03 – Imagem.

Como diz o ditado, “uma imagem vale por mil palavras” — e mais do que isso, pode ser responsável por chamar atenção para o seu texto. Se você quiser encontrar imagens de qualidade e gratuitas, você pode utilizar uma das opções a seguir:

Lembre-se sempre que a imagem utilizada deve possibilitar a adequação a vários ambientes (ao blog e ao Facebook, por exemplo) e que a melhor maneira de utilizá-la no seu post vai depender de como o layout trabalha (melhor com imagens retangulares, quadradas etc.).

04 – Texto.

É aqui que você irá de fato desenvolver o assunto – e poderá acrescentar mais imagens (fotografias, gráficos etc.). Sempre que possível, tente dividir o seu assunto em tópicos – isso facilita a leitura de textos mais longos, e possibilita que as pessoas façam pausas se necessário, sabendo exatamente onde pararam. Você irá encontrar na Web várias dicas sobre a “quantidade ideal de palavras” ou “quantidade ideal de caracteres” que o seu texto deve ter, no entanto, embora seja verdade que as pessoas estão lendo cada vez menos, é verdade também que quando o assunto lhes interessa, o tamanho do texto não importa muito – contanto que seja gasto em informações relevantes! Não enrole.

05 – Links.

Seu texto pode ser enriquecido com a adição de links interessantes para o seu leitor, ou simplesmente a compilação de todos os links citados ao longo do seu texto. Lembre-se que, como já vimos por aqui, o que você compartilha, muitas vezes, diz mais sobre o seu trabalho do que o próprio trabalho.

06 – Mini Bio.

Certifique-se que a sua ferramenta de blog (wordpress, por exemplo) oferece a opção de inserir uma Mini Bio (mini biografia) ao final de cada post. Você pode achar que as pessoas irão acessar o seu site, depois o blog, depois a postagem mas nem sempre é assim – a maioria das pessoas irá cair de paraquedas em um artigo específico do seu blog, seja pelas ferramentas de busca, seja pelas redes sociais e é bom entenderem com quem estão falando para que o seu texto tenha credibilidade.

Outros Elementos

  • Categorias e Tags: para ajudar as pessoas a encontrarem conteúdo relevante aos seus interesses, é importante que você invista algum tempo na categorização do seu conteúdo, e na indicação de Tags que ajudem a classifica-lo. Por exemplo, se você considerar esse artigo, eu posso lhe dizer que sua categoria é CONTEÚDO (que é um assunto que eu tento postar todas as quintas-feiras). As Tags relacionadas são: Planejamento, Desenvolvimento, Produção, Escrita e Redação.
  • Resumo: A maioria das ferramentas de blog conta com uma área para escrever o resumo do texto – um parágrafo que será utilizado para referenciar seu texto quando ele for publicado na maioria das ferramentas de busca. Assim como no parágrafo inicial, procure escrever sempre esse texto de forma interessante, e mostrando o que a pessoa irá encontrar naquela leitura. Não escreva apenas algo que irá gerar cliques, e que depois não seja cumprido no texto – leitor traído é leitor que não retorna.
  • Chamada para Facebook e Twitter: Se você pretende divulgar seus textos nas redes sociais, não se esqueça de preparar também as chamadas adequadas para cada uma delas. Por exemplo, para o Facebook, você pode incluir uma imagem específica (ou a mesma utilizada no post) e um breve resumo sobre o texto, com algo que leve o usuário a clicar no link (um “call-to-action”, algo que veremos em mais detalhes nas próximas semanas). Para o Twitter, você deve lembrar-se do limite de 140 caracteres – embora seja interessante trabalhar com o limite de 100 caracteres se você espera que esse “tuíte” seja compartilhado (ou Retuítado).

Nas próximas semanas iremos trabalhar com cada um desses itens em mais profundidade, para que você saiba como elaborar cada um deles com mais qualidade.

Para mais dicas sobre como estruturar seus posts, acesse:

[box type=”info”] Quinta-feira é dia de conteúdo. Vamos falar sobre planejamento, desenvolvimento e produção de conteúdo para ambientes digitais e multimídia. Se você tem ideias e sugestões para os próximos artigos, escreva para prix@intelligente.com.br.[/box]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *